controle de ponto manual

Controle de ponto manual, ainda vale a pena?

Entenda se este tipo de marcação ainda faz sentido, nos dias de hoje, para sua empresa.

Todo mundo já sabe (e sempre soube) que planilhas são de extrema importância para o dia a dia corporativo: Ao mesmo tempo que organizam informações de forma precisa, também são flexíveis, principalmente para inserção, alteração ou mesmo exclusão de dados, a qualquer momento, sempre que necessário.

As planilhas são muito utilizadas para criação de cronogramas, cadastro de clientes, entrada e saída de produtos e valores, gastos, lucros, orçamentos e para listagem de passivos e ativos de uma empresa.

Embora  mais voltadas para o âmbito financeiro, elas também são responsáveis por armazenar as informações de marcação de ponto, o que chamamos de controle de ponto manual, auxiliando o RH no fechamento da folha de ponto dos colaboradores, por conta dos cálculos que precisam ser feitos rapidamente.

Mas, como tudo muda o tempo todo, a chegada da tecnologia, de uma forma simplória e ampla, vem, aos poucos, mudando diversos cenários: Os departamentos comerciais podem contar com modernos CRMs para armazenar dados sobre prospects e clientes, equipes de planejamento e desenvolvimento podem usufruir de ferramentas como scrum e kanban para organizar suas estratégias e o mesmo está disponível para as equipes de RH, que podem contar com ferramentas 100% online para marcação e controle de ponto das equipes.

A modernização também chegou para o setor de Recursos Humanos, sempre tão estigmatizado por conta das inúmeras burocracias enraizadas. Afinal, todos os departamentos das empresas buscam alternativas eficientes que potencializam o desempenho das equipes e, consequentemente, aumentam o lucro do negócio.

Hoje ainda é comum o uso de livro ponto para marcações, que depois são digitadas em planilhas de excel, porém, existem outras formas, muito mais eficientes, para controlar o fluxo de entrada, saída e intervalo dos colaboradores e com investimento bem razoável, para não dizer baixo se pensarmos no custo x benefício. Você já parou para calcular quantas horas do seu departamento pessoal são perdidas durante o cálculo da folha de ponto? 

O controle de ponto manual, vem se tornando um método totalmente obsoleto, sem contar que o tempo gasto nesta atividade poderia ser direcionado para outro tipo de ação, com resultados mais satisfatórios. Ou seja, se sua empresa ainda utiliza o controle de ponto manual, saiba que isso pode estar comprometendo o desempenho da sua equipe.

O controle de ponto manual exige a compilação e o tratamento de dados, que é uma tarefa bem laboriosa. O responsável precisa recolher as informações de ponto marcado, calcular as horas trabalhadas, horas extras, atrasos, faltas e banco de horas. Isso que, nem estamos citando situações de retrabalho, como um documento extraviado, por exemplo.

A partir disso, você já parou pra  pensar como seria importante contar com uma ajudinha da tecnologia nesta tarefa?

Se a resposta for sim, siga os próximos passos: Participe do nosso Webinar online, que acontece todas às quartas-feiras, às 16:00. É só fazer a inscrição neste link.

O ponto online é uma alternativa viável para deixar todas as dificuldades presentes na atividade de controle de ponto manual para trás. Inicie o teste gratuito de 14 dias do Registro Ponto, clicando aqui.

Compartilhe